Solpoesia

A palavra é uma grande metáfora; tudo pode signicar;"palavra aceita tudo".

Textos

Nem sei o que te fiz
Nem sei o que te fiz...
Não bastava a escuridão do universo
Na distância desses nossos mundos?
Já não era pesado o legado
Dos sonhos negados, espalhados no ar?
Se magoei, nem sei ...
Tentei deixar ao longe
O fogo da curiosidade
E sentir à distância,
Sem expor ou magoar ninguém..
Se fiz algo, nem sei....
Não foi por descuido,
Pois cuidei em não dizer,
Não fazer me deixando sufocar...
Se houve o pecado,
Foi por zelo:
De não tentar,
Não confundir,
Não maltratar
no limite das impossibilidades.
Perdão por ter falhado!
Solange Galeano
Enviado por Solange Galeano em 27/08/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras