Solpoesia

A palavra é uma grande metáfora; tudo pode signicar;"palavra aceita tudo".

Textos

Notícias de aquém mar
Foi tanta a água que passou...
Ora me mantive navegando
ora sucumbi pela corrente...
Tanto tempo e no entanto
Tão pouca escolha entre continentes...
Tudo continuou na mesma agitação...
Alíás, bem própria das vidas
vividas à deriva...
Não havia verdade numa só onda,
acreditei em tantas
para me conduzir até a praia;
Entretanto, no mar verdadeiro
de todos os sonhos,
de todas as vontades
passei apenas,
não nadei e afoguei-me
nas tormentas
das minhas crenças vazias...
Continuo à deriva,
oscilando entre uma vaga e outra...
Já não sinto,
já não vejo,
apenas existo sem insistir
E, nesse labirinto oco,
encontro em minha alma
o conforto das lembranças
sem dias de chuva e
sob o sol de uma tarde,
do mar calmo de seu beijo.
Solange Galeano
Enviado por Solange Galeano em 31/08/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras